Ar mar rio

Ar mar de Arthur Maria

MAR de museu de arte do rio

IMG_8633

Dessa vez, eu fui pra lá não mais de primeiro contato. Não estava mais tímido, com pompa e ansiedade todas de “será que ela vai gostar de mim?”. Não. Fui revê-la. Reencontrar minha amante. Eu mais gordo, mais velho. Ela mais linda, mais ensolarada. Passei longe das qualidades que todos enaltecem. Queria conhecer sua dureza, sua ruga, seus sinais, suas cicatrizes. Não consegui. Mantive-me no lugar-comum que é sua lindeza. Até vivi um amor de verão (em pleno inverno!). Durou segundos, segundos sentados no banco, de frente a um edifício clássico.

IMG_8722

Poesia pobre à parte, fui pra rever e me despedir de meu grande eterno amigo Bernard. Que me acolheu não como um mestre-de-cerimônias, sim como um familiar. Sim, ele é meu irmão mais velho, por quem tenho infinito carinio. Jajá ele vai pra Coreia, jajá volto a falar nele.

IMG_8740

Não sei mais como enaltecer a beleza da cidade, se nos almoços em Laranjeiras, se no fim de tarde em Santa Teresa, se na praia, no sol, no mar, no ar…

IMG_8736

Muito, mas muito lindo.

Mais algumas fotos no meu flickr.

Anúncios

Um pensamento sobre “Ar mar rio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s